Entendendo a execução do Programa Luz para Todos.

O Programa Luz Para Todos é uma iniciativa do Governo Federal por meio do Ministério de Minas e Energia que foi criado para acabar com a “exclusão elétrica” no País. 
No Pará, assim como nos demais estados do Brasil, existe um Comitê Gestor, presidido pelo Ministério das Minas e Energia, para gerenciar o programa.

O Comitê Gestor é responsável por todas as deliberações do programa, incluindo a relação de municípios e comunidades beneficiadas com o projeto e priorização das obras. A Celpa é a agente executora do Programa.

No Pará, desde a sua criação em 2003, o Programa, por meio da Celpa, já superou a impressionante marca das 417 mil ligações, beneficiando diretamente mais de 2 milhões de pessoas. Esse total de ligações representa cerca de 16% dos clientes da concessionária. E diante da importância de levar a luz para as comunidades rurais, ribeirinhas, pequenos agricultores e indígenas, a empresa lança mão de um robusto investimento. Desde 2012, ano em que a distribuidora passou a ser gerida pela Equatorial Energia, já foram investidos mais de R$ 800 milhões no programa, o que possibilitou mais de 83 mil famílias atendidas.